Lâmpadas Fluorescentes Compactas e Tubulares

Elas Também são conhecidas como lâmpadas eletrônicas. Elas são mais econômicas e funcionam segundo o princípio da luminescência.

 

A lâmpada fluorescente é uma lâmpada de descarga, ou seja,  ilumina devido a uma corrente elétrica fluindo através do gás no tubo de vidro. Outras lâmpadas também funcionam por esse mecanismo . As fluorescentes possuem em seu interior mercúrio líquido e um gás inerte mantidos sob baixa pressão – pois em alta pressão os gases dificilmente conduzem corrente elétrica. Assim, quando acionamos o interruptor, a energia transforma os átomos de mercúrio em vapor, produzindo luz ultravioleta, que, por sua vez, faz o tubo de vidro, coberto de matéria a base de fósforo produzir luz visível.  

Como praticamente não desperdiçam energia em calor, essas lâmpadas são mais econômicas que as incandescestes (por isso também são chamadas de lâmpadas frias), possuem eficiência luminosa de 3 a 6 vezes superior (de 50 a 80 lm/W), vida útil de 4 a 15 vezes mais longa (podem durar acima de 10 mil horas) e cerca de 80% de redução de consumo de energia.

A vida média de uma lâmpada fluorescente é dimensionada para oito acendimentos diários e, a cada acendimento adicional, sofrerá uma diminuição de sua vida. No entanto,  a cada acendimento a menos, resultará num aumento proporcional da vida útil.Por isso ao deixar um ambiente por tempo superior a 15 minutos, deve-se apagar a luz e quando não ultrapassar esse tempo, é mais econômico deixá-la ligada. Vale ressaltar que não se deve instalar lâmpadas fluorescentes em locais com sensores de presença, salvo os sistemas tipo ACTILUME (sistema de controle plug & play)

Nota: As lâmpadas fluorescentes tubulares possuem praticamente a mesma eficiência das lâmpadas compactas

As lampadas fluorescentes  tubulares são Ideais para iluminação geral de áreas onde exista a necessidade de qualidade de luz aliada a economia de energia. são utilizados para iluminação de áreas de trabalho onde exista a necessidade de se criar um ambiente estimulante, como cozinhas, lavanderias, escritórios, além de hospitais, indústrias, shoppings, supermercados, escolas,  dentre outros. Ela também é indicada para iluminação indireta quando utilizadas em sancas.

As lâmpadas fluorescentes compactas possuem a mesma tecnologia das lâmpadas fluorescentes tubulares, porém ocupam menos espaço devido ao seu tamanho reduzido. Devido a sua grande praticidade de instalação e seu formato são ideais para iluminação geral e decorativa de residências,  banheiros, vitrines, hotéis e similares. Outra diferença é que ela já apresenta o reator incorporado à base.Lâmpadas Fluorescentes Tubulares

Relação entre temperatura e Cor em uma lâmpada

 

A opção de luz clara (branca) é indicada para iluminação de ambiente mais dinâmico, áreas de trabalho onde há o desenvolvimento freqüente de atividades, como cozinhas e áreas de serviço. Já a opção de luz suave (amarela) é indicada para iluminação de ambiente mais aconchegantes (áreas de descanso) como salas e quartos.

Na hora de comprar basta prestar atenção na embalagem onde estará presente a palavra Kelvin (K) sendo esta a unidade medida que expressa a aparência de cor da luz emitida pela fonte de luz.. Quanto mais alta a temperatura de cor, mais clara é a tonalidade de cor da luz. Ex.: uma lâmpada de temperatura de cor de 2.700 K tem tonalidade suave (amarelada), já uma outra de 6.500 K tem tonalidade clara (branca).

(Tiago Malta, Rio de Janeiro 12 de julho de 2013)

 

Fontes:

 

http://www.invivo.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=1173&sid=9

 

http://www.arq.ufsc.br/arq5661/trabalhos_2003-2/iluminacao_artificial/tiposdescargagasosafluorescentes.htm

 

http://www.fazfacil.com.br/reforma-construcao/lampada-fluorescente-compacta/

 

http://www.lighting.philips.com.br/connect/support/faq_lampadas.wpd