Robótica Livre na III SESOL em Fortaleza

“Como o lixo tecnológico pode ser reutilizado para a construção de artefatos que auxiliem na aprendizagem da Robótica apoiada no uso de Software e Hardwares Livres? Para fomentar as discussões sobre o assunto, a III SESOL traz para Fortaleza o professor do CET-CEFET Itabirito/MG e vencedor do prêmio Telemar de Inclusão Digital pelo projeto Robótica Livre, Danilo Rodrigues César.

Com o objetivo de despertar a consciência ambiental no que se refere a destinação do lixo tecnológico, no dia 06 de junho o pesquisador irá proferir a palestra “Robótica livre: Uma alternativa de construção cooperada do conhecimento com o uso de tecnologias livres”.

Já durante todo o evento, Danilo irá ministrar a “Olimpíada de Robótica Livre”. Com caráter de oficina e voltada para o público detentor de conhecimento básico em eletrônica e/ou linguagem de programação, a experiência, inédita no cenário nacional, visa instigar a construção cooperada de um kit básico didático de robótica para ser utilizado em ambientes de ensino aprendizagem (Hardware Livre).

Olimpíada de Robótica Livre

Facilitador: Danilo Rodrigues César (UFBA) Nomenclaturas * IHL - Interface de Hardware Livre * DEC - Dispositivos Eletrônicos a serem Comandados * SASL - Sistemas e Aplicativos em Software Livre Apresentação da Olimpíada Durante a III Semana de Software Livre da UFC estaremos realizando a Olimpíada de Robótica Livre.

Ela terá um caráter de oficina, pois iremos compartilhar o conhecimento com a colaboração entre
grupos. Estaremos trabalhando com no máximo 20 participantes (5 grupos de 4 pessoas), pois construiremos uma Interface de Hardware Livre(IHL) para cada grupo, além da construção de um "artefato técnico" com a utilização de sucatas que será controlado pela IHL.

III Semana de Software Livre da FACED e I Semana de Software Livre de Irecê - Robótica Livre

Robótica é a ciência dos sistemas que interagem com o mundo real com ou sem intervenção dos humanos.

Ela está em expansão e é considerada multidisciplinar, pois nela é aplicado o conhecimento de microeletrônica (peças eletrônicas do robô), engenharia mecânica (projeto de peças mecânicas do robô), física cinemática (movimento do robô), matemática (operações quantitativas), inteligência artificial e outras ciências. Essas características tornam a Robótica uma interessante ferramenta de uso na educação, uma vez que seus projetos oportunizam situações de aprendizagem pela resolução de problemas interdisciplinares e transdisciplinares, que podem ser simples ou complexos.

O ambiente de aprendizagem onde o professor ensina ao aluno a montagem, automação e controle de dispositivos mecânicos que podem ser controlados pelo computador é denominado de Robótica Pedagógica ou Robótica Educacional.

Conteúdo sindicado